Nossos Parceiros

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Jovens da Via Campesina ocupam fazenda suspeita de grilagem em Pontão

O domingo de manhã foi marcado por ocupação na fazenda Mattei, na localidade de Arvoredo, em Pontão. Cerca de 350 jovens ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e Levante Popular da Juventude realizaram manifestação pacífica no local, das 6h às 9h.
Pelo menos 50 passo-fundenses participaram do ato. Eles denunciaram a concentração e a suposta grilagem de terra no local.
Em entrevista à Uirapuru, um dos diretores do MST, Gerônimo Pereira da Silva contou que o proprietário da fazenda declarou, no ano passado, 185 hectares à Receita Pública Estadual da Secretaria da Fazenda, sendo que a área tem aproximadamente 1.000 hectares. Disse que os dados informados de produção da área não batem. Ela seria dez vezes maior do que suporta a propriedade escriturada, de acordo com a realidade da produtividade da região.
Os organizadores não encontraram o dono no local. Os movimentos cobram uma vistoria do Incra e a desapropriação da área para a reforma agrária. Silva disse que há alguns anos o terreno já havia sido destinado para esse fim, mas por questões políticas a decisão foi revertida.
Se o Incra não tomar uma providência, será feita uma nova ocupação no segundo semestre do ano. Gerônimo da Silva contou que o MST já está mapeando outras áreas do Estado para ocupações. Informou várias são na região de Passo Fundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros