Nossos Parceiros

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Inter consegue virada, mas cede empate para o Passo Fundo nos acréscimos

Brenner marcou dois gols, mas Inter não segurou vantagem em Passo Fundo | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP
O Inter novamente ficou devendo futebol e segue sem vencer no Campeonato Gaúcho. Após terminar o primeiro tempo perdendo por 1 a 0, o Colorado conseguiu a virada, mas acabou cedendo o empate por 2 a 2 para o Passo Fundo nos acréscimos em jogo realizado no estádio Vermelhão da Serra na tarde deste domingo.
Brenner, autor de dois gols, foi o destaque colorado na partida. Rodolfo foi o autor do primeiro gol do Passo Fundo enquanto Saimon marcou o segundo do time da casa já aos 47 da etapa final.
Com o empate, o Inter fica com três pontos e segue em 10º lugar na tabela. O Passo Fundo tem quatro. O Colorado volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h45min, quando recebe o Oeste pela Copa do Brasil no Beira-Rio. Pelo Gauchão, o próximo compromisso do time de Antônio Carlos Zago é no sábado de Carnaval, 19h30min, diante do Brasil de Pelotas.
O jogo
O torcedor colorado que foi acompanhar Passo Fundo x Inter com expectativa de ver uma melhora do seu time em relação à atuação diante do Princesa do Solimões pela Copa do Brasil se decepcionou. Sem D'Alessandro, Dourado, Alemão e Uendel, poupados por desgaste, o Colorado não encontrou seu futebol no estádio Vermelhão da Serra durante o primeiro tempo.
Posicionado com três zagueiros e dando bastante liberdade para os laterais, o Passo Fundo teve o domínio do jogo ao longo do primeiro tempo. Sem D'Alessandro, o Inter teve a bola, mas nenhuma criatividade na armação das jogadas. O Colorado terminou o primeiro tempo com apenas um chute a gol, uma tentativa de Seijas de fora da área que foi no meio do gol para defesa sem muita dificuldade de Fernando Jr. aos 8 min.
Logo depois do chute de Seijas, o Inter saiu atrás no placar. Em falta na intermediária, Xaro botou na área e encontrou Rodolfo - que ganhou de Anselmo na corrida – livre. O zagueiro só teve o trabalho de cabecear para o gol e abrir o placar: 1 a 0.
O gol deixou nervoso um Inter que não tinha mostrado bom futebol na partida. Com dificuldade na saída de seus volantes e Seijas pouco participativo, Valdívia era quem tomava a iniciativa, mas com muitos erros não conseguiu levar perigo ao gol de Fernando Jr. Brenner e Carlos foram pouco acionados e não tiveram vitórias sobre seus marcadores nas poucas vezes que receberam a bola.
O placar de 1 a 0 até ficou barato para o time de Antônio Carlos Zago no primeiro tempo. Mikael e Soso, aos 38 e aos 41, respectivamente, apareceram livres na área em cruzamentos de Xaro pela esquerda, mas falharam na hora do cabeceio.
Zago mexe no time
O técnico Antônio Carlos Zago fez uma mudança ofensiva na volta para o segundo tempo. O meia-atacante Roberson entrou no lugar de Anselmo. Com isso, Seijas foi recuado para jogar como volante ao lado de Charles.
E a ousadia de Zago deu resultado rápido. Logo a 2 minutos, Junio cruzou da direita e encontrou Roberson, que ao dominar a bola foi derrubado por Maicon: pênalti para o Inter. Brenner foi para a cobrança e, com paradinha, deslocou o goleiro Fernando Jr. para igualar o placar: 1 a 1.
O empate recuperou a confiança do Inter que partiu em busca do segundo gol, que quase veio em duas oportunidades aos 14 minutos. Primeiro, Carlinhos bateu falta fechada e quase enganou Fernando Jr., que conseguiu dar o tapa para escanteio. Na cobrança do corner, a bola batida por Valdívia sobrou para Charles, que sozinho na entrada da pequena área não conseguiu fazer o desvio.
Apesar da melhora no jogo, o Inter voltou a sofrer na sua defesa. Aos 14, Xaro ganhou de Valdívia e cruzou para o meio da área, onde Brandão apareceu sem a marcação de Ernando e Paulão e finalizou para uma grande defesa de Danilo Fernandes. No reflexo, o goleiro deu o tapa e impediu o gol do Passo Fundo aos 21.
Três minutos depois, a virada colorada. Carlinhos cruzou da esquerda para Brenner, que no meio de dois zagueiros conseguiu fazer o giro e bater no canto de Fernando Jr., para colocar o Inter na frente.
Em vantagem, Zago tratou de recolocar o sistema com dois volantes de origem à frente da área e sacou Valdívia para a entrada de Eduardo Henrique.
Aos 34 minutos, os dois principais destaques da partida foram expulsos. Após uma falta em Junio, Xaro e Brenner trocaram xingamentos e levaram vermelho.
Os colorados ainda reclamaram de pênalti não marcado em lance com Seijas dentro da área do Passo Fundo aos 41 minutos. Aos 42, Paulão apareceu sozinho na área após escanteio, mas a cabeçada foi para fora.
E o Inter foi castigado no final do jogo justamente em um lance envolvendo Eduardo Henrique, que entrou para reforçar o sistema defensivo. Aos 47, após bola cruzada para a área, Saimon subiu junto com Eduardo Henrique, que bateu por último na bola antes dela encobrir Danilo Fernandes, 2 a 2, placar final da partida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros