Nossos Parceiros

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Casos de latrocínio aumentam quase 15% em um ano no Rio Grande do Sul

Em 2016, foram 164 latrocínios contra 143 casos registrados no ano anterior.
Homicídios também aumentaram; furto e roubo de veículos caíram no estado.

Dados foram apresentados pelo secretário Cezar Schirmer em Porto Alegre (Foto: Roberta Salinet/RBS TV)
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Rio Grande do Sul divulgou dados da criminalidade no estado em 2016. Os números foram apresentados na sede da SSP, em Porto Alegre, pelo secretário Cezar Schirmer na manhã desta quinta-feira (26).
Os casos de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, aumentaram 14,7% no último ano em relação a 2015. Em 2016, foram 164 latrocínios contra 143 registrados no ano anterior.
Roubos aumentaram 8,7%. Foram 87,6 mil em 2016 e 80,6 mil em 2015. Os homicídios também registraram aumento. Entre janeiro e dezembro do último ano, 2.608 pessoas foram assassinadas no Rio Grande do Sul. No ano anterior, foram 2.431 vítimas deste tipo de crime.
Já os casos de furto e roubo de veículos caíram no estado. Em 2015, foram registrados 20.454 mil furtos e 18.162 roubos de veículos. No último ano, foram 19.542 furtos e 17.640 roubos, o que representa queda de 4,4% no primeiro tipo de crime e de 2,9%, no segundo.
Números em comparação entre os anos de 2015 e 2016
Aumentaram
Homicídio doloso: 2.431 em 2015 para 2.608 em 2016 (7,28%);
Roubo: 80.606 em 2015 para 87.633 em 2016 (8,71%);
Latrocínio: 143 em 2015 para 164 em 2016 (14,68%);
Delitos relacionados a armas e munições: 7.616 em 2015 para 7.709 para 2016 (1,22%).

Caíram
Homicídio doloso de trânsito: 25 em 2015 para 19 em 2016 (24%);
Furto: 163.641 em 2015 para 157.919 em 2016 (3,49%);
Furto de veículo: 20.454 em 2015 para 19.542 (4,45%);
Roubo de veículo: 18.162 em 2015 para 17.640 em 2016 (2,87%);
Extorsão: 423 em 2015 para 419 em 2016 (0,94%);
Extorsão mediante sequestro: 20 em 2015 para 16 em 2016 (20%);
Estelionato: 18.257 em 2015 para 16.197 em 2016 (11,28%);
Delitos relativos à corrupção: 451 em 2015 para 437 em 2016 (3,10%);
Entorpecentes (posse): 11.542 em 2015 para 10.340 em 2016 (10,41%);
Entorpecentes (tráfico): 9.133 em 2015 para 8.764 em 2016 (4,04%).

Indicadores de Violência contra mulheres e meninas

Já os índices referentes à violência contra a mulher, também apresentados nesta quinta-feira, mostraram redução nos números, ainda que pequena.
São cinco os crimes contabilizados. De 2015 para 2016, as ameaças registraram maior queda: de 44.805 para 41.118, ou 8,2%. As lesões corporais reduziram de 24.536 para 22.595 de um ano para o outro, o que representa 7,9%.
Os casos de estupro tiveram uma redução menor, de um crime. Em 2015 foram registrados 1.426, e em 2016 foram 1.425. Já os feminicídios, quando a mulher é morta, apontaram queda de 99 para 96 casos, ou seja, 3%.

Fonte:G1RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros